AS VINTE CHAVES MÁGICAS E OS VINTE NÍVEIS - O Vigésimo Nível um livro, uma jornada interna, em busca daquilo que você não se deixa ver. É a descoberta, no reencontro do meu melhor como indivíduo. Clique para ler os livros. No rodapé do Blog.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Uma transformação a passos largos.


Se você puder perceber vai entender o que isto também significa para nós como espécie. Vivemos um momento único no Universo, mas isto não afeta apenas as estrelas e os planetas. Somos parte integrante desta "infinitude". Nossos corpos são constituídos por elementos moleculares criados há bilhões de anos em alguma estrela que explodiu e lançou seus átomos no espaço. 

Tais elementos viajaram em todas as direções atingindo pontos completamente diferentes, e aqui na Terra vieram constituir a matéria do qual tudo é feito: - átomos. 

Um momento único no Universo 
------------------------------------------- 
Somos alguns de algumas dezenas de gerações* que estamos vivemos um momento único no Universo. Nem antes nem depois haverá outro período como este. Em resumo: - a matéria está perdendo densidade, ou ainda a matéria está perdendo massa então a quantidade de matéria situada no "mesmo lugar", antes era mais e mais pesada, hoje é menos e mais leve. 
*Considera-se como período de tempo de cada geração humana cerca de 30 anos. 
--------------------------------- 
Lawrence Krauss - é um físico norte-americano. Ele é um defensor do ceticismo científico, biologia educacional e da ciência da moralidade. (Wikipédia) 

Mas o que significa que a matéria está perdendo densidade? Perdendo massa? 

Significa que toda a matéria perde átomos rapidamente. Um momento de transição que será interpretado por nossos corpos como uma certa "estranheza". A nossa bioenergia está se adaptando, se acomodando nesta nova estrutura, e isto acontece agora em todo o Universo, em toda a cadeia e estrutura atômica. 

Nossas mentes se perturbarão. Ficará difícil entender o que está acontecendo, principalmente para aqueles que não se importam em aprender um pouco que seja para se prevenir do que eu vou chamar agora de "distensão". 

Distensão é a palavra que encontro para tudo, e que pode resumir o que estamos vivenciando. O Universo se expande e nosso corpo material também. Ao se expandir, as ligações subatômicas se rompem e átomos são perdidos e nossos corpos ficam mais "leves" mas mantém o mesmo tamanho. 

Uma "religação" se refaz imediatamente, para manter a integridade da matéria, mas esta religação torna o corpo mais sutil - corpos do mesmo tamanho, mas mais leves, com um quantidade menor de átomos. 

Nos tornamos mais "aerados". 

Vamos imaginar que seja uma rede de pescador. Os fios desta rede, desta malha se rompem, mas para continuar "vivo" é preciso costurar, unir de alguma outra forma o "buraco" que fica. A rede fica "distendida".

Imagine uma esponja: - Ainda que contenha milhões de furos, ela mantém seu tamanho. 

E dentro desta "rede atômica" que se expande para manter a integridade do todo e acompanhar o ritmo, a nossa bioenergia precisa se "acomodar" nesta nova "morada". É como se fosse buracos que vão aparecendo em sua casa, e você precisa tapa-los. 

O que esperar de tudo isto? Estamos preparados para suportar a quantidade de força que a nossa bioenergia precisa produzir para manter-nos mentalmente saudáveis? 

A resposta é não. Não se você não souber o que está acontecendo. Sim, poderemos no manter mentalmente mais saudáveis (não esqueça que nosso cérebro é constituído por átomos também e eles estão se expandindo e se rompendo igualmente), desde que possamos compreender o que está se passando. 

Então podemos esperar uma acentuada perda de noção, onde a maioria de nós irá se refugiar em seu interior buscando uma explicação para tudo o que está vendo ocorrer no mundo. Os indivíduos componentes da sociedade perdem muito do senso médio de convivência social. As nossas ações, mesmo as dos animais dos lugares e até mesmo de objetos que nos parece inanimados adquirem rapidamente a característica de extrapolar radicalmente o senso comum do todo e do tudo que conhecíamos. 

Para acompanhar o processo de distensão da matéria, nossas bioenergias precisarão se acomodar todo santo dia nesta nova "malha" corpórea, e nela sobreviver e dar continuidade ao nosso dia-a-dia, mas isto afetará muito nossa consciência para melhor ou para pior. Assim, atitudes muito enlevadas e nobres serão tomadas em algum lugar, e outras de extremo mal gosto em outros locais, e isto será diretamente proporcional ao nível pessoal de exigência educacional e pelo autoconhecimento 

Assim, atitudes de crescimento e desenvolvimento do todo e do tudo, serão tomadas principalmente por pessoas mais jovens, cujos corpos já estão mais adaptados a esta nova realidade material. Já em outros locais onde este conhecimento quase hermético é descartado, dando lugar ao estudo antiquado e que não traz perspectivas "consciênciais" de desenvolvimento pessoal, mas apenas se propõe a preparar o individuo para o "mercado de trabalho" estas criarão sociedades completamente apartadas desta era de transformação e de transição. 

Veremos sociedades completamente atônitas, e perdidas num contexto Universal, criando as mais estapafúrdias formas de sobrevivência. Lutando uma vida inteira por um salário digno, para sobreviver numa sociedade "cruelizada", enquanto que ao mesmo tempo veremos jovens meninos e meninas de 12 a 16, 18 anos falando como grandes sábios e trazendo novas luzes para aqueles que se perdem na loucura da adaptação que não conseguem compreender. 

Veremos e observaremos processos "corruptivos" nas mentes de governantes, "líderes espirituais"; e um crescimento enorme da insatisfação social, e poderemos esperar atitudes contrárias para suprimir estas "revoluções". Tais lideres entendem que são algum tipo de "enviado" e que eles possuem algum tipo de poder Divino que lhes conferem o poder de decidir. E não estão errados. Eles fazem parte desta transição. 

Você aceitaria ser o líder de uma nação onde a maioria o detesta? Eu tenho certeza que a sua resposta é NÃO. Então considere, e você vai achar isto impossível, incompreensível, mas ser um líder rejeitado é uma imensa e enorme missão. É difícil de entender por que não é fácil aceitar. Mas como você respondeu NÃO, milhões de outros também não aceitariam. Apenas aquele que entendesse a missão de ser rejeitado por outros tantos milhões é quem poderia aceitar e organizar a "filosofística" (filosofia+logística) que corresponde ao que estes líderes precisaram se propor a fazer, para quem, como e de que forma. E aceitarem como almas ou espíritos a serem odiados.

No entanto eles também não sabem disto. Enquanto renascidos e experienciando suas escolhas.

Agora você não entendeu o que eu disse. Então... Precisamos ir mais a fundo para compreender que cada um de nós em nossas devidas posições possui uma parcela a ser cumprida nesta transição e cabe a cada um de nós lutarmos para restabelecer o equilíbrio que se perderá ao longo dos anos que se seguirem. 

Esta "distensão" e perda da densidade da matéria, dará gênese a individualidades completamente fora do contexto social, tomando atitudes que hoje denominamos de "falta de noção". Esta ausência de noção é relacionada a perda de equilíbrio da bioenergia dentro dos nossos corpos cada dia mais sutis que afetará a mente. Nosso cérebro não para nunca de funcionar. Muito menos nossas consciência que habita a massa encefálica. Imagine um trem que precisa andar sempre, ainda que os trilhos estejam tortos e faltando partes. Ele saltará, pulará, acelerará, reduzirá, mas não perderá nunca sua marcha, ainda que seu movimento pareça completamente maluco. 

Assim estaremos muitos de nós. 

Por conta desta distensão da matéria, podemos esperar renascimentos. Amigos, relações de toda espécie e gênero, inclusive as de amor que se afastarão de uma forma ou de outra, quase que para sempre. Imagine o inicio de uma partida de sinuca onde todas as bolas estão organizadas e por exemplo a bola amarela está ao lado da laranja, e logo na primeira tacada, a laranja se afasta da amarela e cada uma encontra e já rebate em uma nova bola, numa verde ou numa azul. Um novo encontro, enquanto que as primeiras ficaram para trás. 
Assim está sendo a distensão entre seres humanos. Relações desfeitas, profissionais, pessoais e nas relações de amor. As vezes tranquilas, mas na maioria delas forte as separações, como a primeira tacada na mesa de sinuca. 

Podemos esperar uma imensa falta de fraternidade, humanidade e muita falta de gratidão, pela incompreensão em entender por que isto é necessário, mas principalmente por que pessoas sem a devida noção não entendem o que isto significa. 

Grande parte da humanidade fará uso de produtos químicos que prometem ajudar na transição: - drogas químicas para manter a casa da mente e da consciência, "funcionando"; eu falo do cérebro. Então como estamos entrando na fase adulta como espécie, saindo da nossa adolescência, o uso indiscriminado destas moléculas será mais prejudicial e dificultará ou mesmo impedirá uma transição menos indolor, porque será passageira e efêmera as sensações.

Mas isto também fazem parte deste transição por mais incrível, inacreditável e inaceitável que você possa entender ou achar.  

Para se adaptar, a bioenergia manterá o que é mais importante: - A essência individual de cada um de nós, aquela que nos acompanha a cada renascimento. Então indivíduos essencialmente maus, serão cada vez mais maus, e indivíduos bons, se tornarão cada vez mais bons. Considere que o entendimento de bom e mau é relativo, ou seja o que é bom para mim, poderá não ser para você, portanto nossas atitudes frente a cada uma destas ações, será diferente em mim e em você. 

Mas a essência precisa ser mantida. 

Do ponto de vista pessoal, você poderá experimentar: - perda ou ausência de peso momentâneo, como se estivesse a ponto de ficar sem sentidos; este são os momentos de maior adaptação da bioenergia no seu corpo que se torna sutil a cada instante. Sensações de frio, calor, medo inexplicável, angústia, desconfiança, conceitos exagerado de si mesmo (eu sou o maior e o melhor, nada me supera - eu sou uma droga, tudo dá errado) e desenvolvimento progressivo de ideias de reivindicação (alguém em algum lugar me deve algo e e alguém em algum lugar ou mais proximamente um membro da minha família é culpado por minha situação atual), perseguição e grandeza. Em alguns casos até alucinações. 

A "sincronicidade" da vida ficará mais intensa. Assim você estará por exemplo fazendo algo, e muitas coisas relacionadas ao momento em questão da sua vida mostrarão mais caminhos e mais coisas completamente conectadas com aquilo que você está produzindo para ajuda-lo a completar com mais qualidade e rapidez. Seja o que for, mas o Universo precisa que seja completado mais celeremente, e se não for você, será outro.

Você poderá se encontrar envolvido em uma atividade, e de repente algo inusitado aparece para fazer. E você será compelido a fazer, poderá desistir, mas não, continuará e completará esta nova e rápida atividade. E voltará a fazer o que estava fazendo antes e então entenderá de imediato que aquilo que o interrompeu de fato fazia parte do que você já estava fazendo e veio para ajuda-lo ou ainda, para proteger o seu trabalho ou atividade principal. 

Como nos aproximamos de experimentarmos corpos cada dia mais sutis e bioenergias mais adaptadas, nossos cinco sentidos ficarão mais amplos. Poderemos começar a perceber outras formas de energias que antes não observávamos: - vultos, sombras, vozes, e toda sorte do que entendemos como fenômenos paranormais. O aumento da amplitude das nossas frequências dos nossos cinco sentidos, nos aproximará de mundos paralelos, e sim, começará a ocorrer uma interação muita intensa com outros "mundos". Para eles será tão complexo e novo quanto para nós, portanto não se assuste por que isto também faz parte deste reconhecimento. Lembra da mesa de sinuca? Pois então, nesta jornada encontraremos muitas outras "bolas", outras energias e com elas compartilharemos novas experiências. 

Não é por que você não enxerga, não sente, não ouve, é que não existe. 

Eu espero que você não tenha a ideia pré-concebida de que somos os únicos no Universo... Não por mim, mas por você mesmo. 

Então este é o velho mundo que começa a se desfazer frente aos nossos olhos. Ainda está valendo a premissa: - por amor ou pela dor. Por amor é você se esforçar ao máximo por entender verdadeiramente o que está se passando. Como isto? Aplique a sua fé, a sua psicofilosofia, e espere retorno de entendimento. Se funcionar, é verdadeiro, senão, é apenas crença. 

Para muitos isto é incompreensível e até blasfemo. Esquecem-se do livre arbítrio e da liberdade que possuem e devem exercer para compreender. Como crianças, sentem-se mais confortáveis e protegidas na barra da saia dos seus tutores, como se eles não fossem seres humanos, mas uma divindade. Ninguém possui uma procuração com amplos poderes para falar em nome da Criação. Isto é extremamente infantil. 

Cada um de nós tem um pouco a dizer, por que estamos conectados SEMPRE com a Criação, através de uma tênue mas intensa energia que nos liga ao outro lado do véu e de onde recebemos as verdadeiras informações. Você sabe exatamente o que precisa se feito. Muitas das vezes não o faz ou quando faz, sabe que está errado, mas segue. E aquela consciência martelando em sua cabeça. É de lá que vem o que você sabe. Então você pode contribuir também. 

Mas este é o velho mundo que desgastado se rompe e desmorona para dar lugar aqueles jovens que com pouca idade "física" já são inventores, criadores, líderes sociais que pensam na coletividade e no bem comum num mundo totalmente renovado em algumas décadas mais. 

Amor, não exclusivamente o sexual, mas tentar ver as coisas de uma maneira mais abençoada. Se você espera isto de alguém, é isto que você tem que dar! Então, se cada um fizer sua parte, com este amor de compreensão, a nossa transformação, a nossa transição neste Universo em expansão será mais tolerável e menos traumatizante. Mas isto depende de cada um de nós em entender a individualidade e daí para frente, o tudo e o todo. Mas para isto, precisamos de conhecimento. Ele está disponível.  

Precisa apenas ser pego, e testado em sua vida. 

E o diálogo, que fará senão a reunião da distensão, mas pelo menos ajudará a nos compreendermos melhor uns aos outros, e é claro, nos aceitarmos, mas sem intervenção da liberdade de cada um. Prepotência, ódio, rancor, falta de amor, ingratidão, são sentimentos que já foram úteis para que o homem humilhado compreendesse que nada nem ninguém pode trata-lo desta forma. 

Por enquanto, exerçamos o que temos de melhor: - nos esforçarmos para compreender o que está acontecendo, com a ajuda de vários ramos do conhecimento humano, colocando à prova tudo o que entrar pelos nossos cinco sentidos. Não exija menos de você que não seja o de ter absoluta certeza de que aquilo que você crê, é real e verdadeiro, para não passar uma vida inteira dormindo com a esperança e acordando numa realidade de decepção que o levará diretamente à desilusão e ao desapontamento. 

Mantenha-se firme e forte no processo de Criação, pois não seremos abandonados. Não somos os primeiros e nem seremos os últimos a passar por tudo isto.

Um forte e intenso abraço meu para você.

Jaime

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Como funciona um computador quântico?

Computador não é necessariamente uma máquina, mas um sistema que faz uma infinidade de cálculos de maneira automática. Existem um número bem grande de arquiteturas de “computadores”.

A arquitetura de um computador é definida como a obrigação de “... determinar as necessidades do usuário de uma estrutura e, possível dentro das limitações econômicas e tecnológicas.” (Frederick P. Brooks), então a que melhor atende nossas necessidades é o PC que é a sigla para Personal Computer.

Existe ainda a APPLE computadores mais utilizados para edição de vídeos e tratamento de imagens, e mais recentemente a arquitetura inovadora e ainda mais simples dos smartphones.

Bem, o computador quântico existe e já é utilizado. A Google® parece ter um pequeno parque de pesquisa e desenvolvimento de computadores quânticos, além de muitos que ela já utiliza. Mas parece que segue investindo, por que a computação quântica é a próxima fronteira e vai modificar as nossas vidas em aproximadamente  10 ou 20 anos.

Da visão econômico-financeira e consequentemente “faturamento” há uma estrada muito, mas muito longa para que esta atual tecnologia que usamos em smartphones, tablets, celulares, computadores agregue mais e mais tecnologia e venda muito, para você, seus filhos, seus netos e provavelmente seus bisnetos, se torne obsoleta.

Então por muito tempo todos continuaremos a usar a mesma tecnologia e arquitetura e com a industria agregando inovações, como você já sabe.

A computação quântica, portanto, fica, no momento, restrita a grandes e poderosas empresas.

Nossa linguagem funciona assim: - juntamos letras para formar palavras, palavras para formar frases, frases para formar parágrafos, e parágrafos para formar textos maiores.

A nossa matemática é denominada “decimal” 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9 e com estes números assim como fazemos com as letras, os “juntamos” para fazer todos os cálculos.

A linguagem do computador é chamada de SISTEMA BINÁRIO.

Calma por que eu aposto que você vai sair daqui sabendo o que é um computador quântico para sempre.

O sistema binário é composto por dois dígitos, o 0 (zero) e o 1 (um). Não esqueça que o nosso, são DEZ dígitos.

Com este “zero” e com este “um” o computador faz todos os cálculos necessários para interpretar uma linguagem enquanto nós, usamos dez dígitos. Somos mais lentos.

Tudo o que podemos imaginar em tecnologia digital (por isto se chama digital - dígitos) somente estes dois números fazem do seu relógio, passando por smartphones, tablets, celulares, computadores até a Internet tudo o que você vê e usa, funcionar.

Na tela do seu produto digital, bilhões de instruções usam apenas o numero 0 e o numero 1 neste exato momento em que você lê este texto.

Neste instante para efetuar todos os cálculos e colocar uma imagem na sua frente, bilhões de cálculos estão sendo efetuados.

Quando você clica em “curtir”, outros bilhões de instruções com apenas dois dígitos, o 0 e o 1, são acessadas. 

Pois bem, sabemos que a física quântica é a física das possibilidades. Mas qual caminho seguir? A arquitetura de computador comum testa cada probabilidade possível para um evento, uma de cada vez.

Uma de cada vez.

É isto que uma linguagem de programação que utiliza o 0 e o 1 para calcular os possíveis caminhos na resolução de um problema faz dentro de um computador: - Vai testando uma a uma até encontrar a correta.

Mas isto é tão rápido que ninguém vê. Nem sente. Por que o 0 é zero e o 1 é um. E na combinação deles é que tudo é feito.

Enfim, a revelação: - Um computador quântico TAMBÉM trabalha com 0 e 1, mas AO MESMO TEMPO o ZERO pode ser UM, e o UM PODE SER ZERO.

Ao mesmo tempo 0=1 e 1=0.

E o que isto significa? Que ao invés de testar as inúmeras possibilidades de um evento um a um, o computador quântico testa TODOS OS EVENTOS POSSÍVEIS AO MESMO TEMPO, ou seja, chegar ao resultado final já é para empresas de grande porte como a Google®, INFINITAMENTE mais rápido, e corriqueiro.

No amanhã, se existir a possibilidade de você curtir uma postagem de um amigo seu na rede social, isto será feito antes que você pense. E não é “automático”! É como se você mesmo tivesse feito, por que a possibilidade de você “curtir”, existe e seria o resultado correto.

Este é o futuro parcial, mínimo que se pode prever daqui há 20 anos com a computação quântica em nossas casas.

Nós como estamos  hoje, se pudéssemos viajar no tempo, não entenderíamos um minuto do dia daqueles tempos futuros.
Seria difícil a adaptação.

Por isto que em tudo na vida há um tempo de gestação:

Só existe fruta se houver flor, e só haverá flor se for primavera.
Mas pode ser primavera e não existir uma árvore então não haverá flor.
Pode existir uma árvore, mas não água.
E por não existir água, não existem árvores, por que sementes não germinam.
Mas pode existir água, e todas as arvores terem sido cortadas.
Ou não há quem semeie.
Então deixe ser primavera, e simplesmente não corte as árvores,
Semeie, por que existirão frutos.
Porque é a melhor possibilidade.
Por que é a possibilidade da natureza.

É isto que o conhecimento dos fundamentos básicos de física quântica pode nos dar: - despertar em nosso cérebro, a capacidade de reconhecer ao mesmo tempo todas as probabilidades possíveis em nossas vidas.

Então este conhecimento lhe diria isto agora, que a melhor possibilidade é o caminho da natureza, da Criação. Como os fenômenos do mundo físico, agiriam naquilo que você pretende. Se fizer igual, em acordo com o natural, a possibilidade de dar certo, será maior.

Assista este vídeo de dois minutos e meio, e então ficará ainda mais claro:





BRASIL



---










O Vigésimo Nível - Clique para ler

Uma Amor Para Lembrar - Clique para ler

O Poder da Intenção - clique para ler

O Vigésimo Nível no BUSCAPÉ

Compare e compre: Clique aqui

O Vigésimo Nível na Livraria Saraiva

Compre direto na Livraria Saraiva: Clique aqui

O Vigésimo Nível na Livraria Cultura

Compre direto na Livraria Saraiva: Clique aqui